Pesquisar este blog

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Carlos Gonzaga - Coletânea Especial (2018)

Carlos Gonzaga, um dos pioneiros do rock no Brasil, comemora hoje 94 anos
Coletânea especial traz 20 músicas lançadas em compactos entre 1966 e 1981
Hoje, 10 de fevereiro, é dia de homenagear o cantor Carlos Gonzaga, um dos pioneiros do rock no Brasil, que comemora 94 anos de idade. Para isso, o amigo Aderaldo me enviou e agradeço por montar esta coletânea, com músicas lançadas em dez compactos, sendo nove simples e um duplo. José Gonzaga Ferreira, seu nome de batismo, nasceu em 1924 na cidade mineira de Paraisópolis, e ficou nacionalmente conhecido a partir de 1958, quando gravou “Diana”, uma versão do hit de Paul Anka, que certamente foi uma das mais vendidas e executadas no final dos anos 1950. A partir daí, passou a gravar para o público jovem, incluindo inúmeras versões de sucessos internacionais.

Começou a carreira profissional em 1956, quando gravou o 78 RPM com as músicas “Anahi” e “Perdão de Nossa Senhora” na RCA Victor, onde permaneceu por mais de 20 anos. Ao longo da carreira, obteve inúmeros sucessos, como “Oh, Carol”, “Bat Masterson”, “O problema do amor”, “Cavaleiros do céu”, "Diabinho", “Juramento de playboy”, “Só eu e você” e outras. Além disso, obteve sucesso com marchinhas carnavalescas, com destaque para “Coração de jacaré”, um clássico das festas de Momo.  Hoje, evangélico, da igreja Testemunhas de Jeová, o cantor vive desde 1986 em Santo André, cidade que o homenageou em 2006 com o título de Cidadão Andreense, no ABC Paulista. A presente coletânea, com 20 músicas, inclui "Escureceu", uma versão de "Black is black", e duas versões do Festival de San Remo de 1972 - "As violetas" e "Primeira desilusão" -, além do samba "Segura ela" e duas marchinhas para o carnaval de 1971. Confira:

01 - Falta você 
(Sérgio Reis)
02 - Maria Helena 
(L. Barcelata – Haroldo Barbosa)
03 - Escureceu (Black is black)
(M. Grainger – S. Wadey – T. Hayes – Versão: Fred Jorge)
04 - Tempo de criança
(Schonberger – Coburn – Roser – Versão: Luiz Carlos Gouveia)
05 - O telefonema 
(Pepe Ávila)
06 - Eu vivo triste
(Jair Gonçalves – Osvaldo Cavasini)
07 - A marcha da cegonha
(D. Paulo – Jotagê – B. Hilton)
08 - Lá vem o meu bloco
(Mário Aguinaldo – Roberto Valentin – Carlos Gonzaga)
09 - As violetas (Come Le Viole)
(G.Amendola - G.Gagliardi – Versão: Osmar Navarro)
10 - Primeira desilusão (Non Voglio Innamorarmi Mai
(Claudio Bigazzi - Moreno Signorini - Versão: Katia Maria)
11 - Um livro chamado Inês 
(Paco Bandeira)
12 - E eu chorei (Sniff) 
(Artulio Reisa – José Costa)
13 - Diana (Diana
(Paul Anka – Versão: Fred Jorge) 
14 - Segura ela
(J. Costa – G. Montenegro – J. Silvestre – Jotagê)
15 - Nem tudo são flores 
(Bento Ribeiro – Monalisa)
16  - Te amo e pra sempre te amarei
(Juan Pardo – Versão: Adel)
17 - Hey, lovely lady (Hey, Lovely Lady
(M. Mallory -  J. Hallyday – Versão: Murano)
18 - Nada (Nada) 
(Horacio Sanguinetti - José Dames – Versão: Ademar Muarrahn)
19 - Recordações (Living Alone
(P.  Everly – Versão: Gonsales - Munhoz)
20 - O teu adeus (Shine-On
(Richard Kerr – Jeffrey  L. Osborne – Billy Osborne - Versão: Wally)


COLABORAÇÃO: Aderaldo


3 comentários:


  1. http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/1646+-+CRLSGNZ,1269062390.rar(archive)

    ResponderExcluir
  2. Olá, Chico! Exelente post este do Carlos Gonzaga. Parabéns! Somente uma correção. As Testemunhas de Jeová não são evangélicos, não seguem as doutrinas Gospel das igrejas evangélicas em geral. Elas são apenas Cristãs! Um abraço e parabéns pelo Blog! É sensacional!

    ResponderExcluir
  3. Outro discaço do Aderaldo e que não conhecia, com músicas de uma época após aquela primeira fase do grande Carlos Gonzaga. Obrigado Chico e Aderaldo.

    ResponderExcluir