Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de setembro de 2017

The Crazy Boys - Alucinante! (LP 1965)

 Sucessos dos anos 1960 compõem o repertório do LP lançado pela Coledisc
O grupo instrumental The Crazy Boys, que já tem um álbum postado aqui no blog, é mais uma daquelas bandas da Jovem Guarda sobre as quais nada se sabe. Este “Alucinante!”, provavelmente lançado entre 1965/1966, considerando que boa parte do repertório é desse período, foi produzido pela Coledisc, e não chega a ser necessariamente uma novidade entre nós. As mesmas gravações também foram lançadas pelo grupo Os Aaalucinantes no LP “Festa do Bolinha”, produzido pelo selo Destaque, e já postado aqui. Ou seja, The Crazy Boys e Os Aaalucinantes são o mesmo grupo, e lançou este LP com nomes, títulos e gravadoras diferentes. A postagem anterior é de um CD genérico, e agora apresento o disco ripado diretamente do vinil. Confira:

01 - O escândalo (Shame and scandal in the family)
(Donaldson - Brown)
02 - Let kiss
(Lehtiten)
03 - Maçãs e bananas (Apples and bananas)
(Frank Scott)
04 - All of me (Ai de mim)
(Seymour Simons - Gerald Marks)
05 - Poison Ivy (Erva venenosa)
(Jerry Lieber - Mike Stoller)
06 - Festa do Bolinha
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
07 - Help!
(Lennon - McCartney)
08 - The Addams Family
(Vic Mizzy)
09 - Jenka
(Lindstron)
10 - Ticket to ride
(Lennon - McCartney)
11 - Eight days a week
(Lennon - McCartney)
12 - Professor apaixonado
(Jair Gonçalves)


4 comentários:


  1. http://www10.zippyshare.com/v/cUtDrLLW/file.html

    ResponderExcluir
  2. Disco enigma para os aficcionados do som "jovem" dos anos 60. Difícil de identificar os seus intérpretes; alguns desses discos trazem faixas com orquestras em meio a faixas com conjuntos de guitarras. Lançado, às vezes, o grupo (de estúdio) sob nomes diversos. Este, por exemplo, saiu também sob o nome THE HAIRY'S, pelo mesmo selo, além do item informado pelo Chico na sua sempre competente apresentação. Abs.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia. Não sou da época (anos 60), mas vou deixar uma indagação: esta banda não seria mais um dos pseudônimos dos The Fevers?

    ResponderExcluir
  4. Com a devida permissão do amigo Chico, responderia ao internauta Jhonata que, entre os grandes aficcionados da música "jovem" nacional dos anos 60, há, praticamente, um consenso de que esse LP cujo o grupo (que foi lançado com 3 nomes de fantasia diferentes, pelo menos) não é o conjunto The Fevers, embora haja outras gravações - até sob esse mesmo selo - que se identificam como o tal. Não seria, neste caso, a bateria do Lécio nem o sax do Miguel nem a guitarra de Pedrinho da Luz. Ainda não foi possível identificá-lo. Mas, continuamos com esse propósito. Abs.

    ResponderExcluir