Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Paulinho Nogueira - Show de samba (LP 1968)

 Álbum produzido pela gravadora RGE inclui grandes sucessos da Bossa Nova
“Show de samba” é mais um belo álbum do violonista Paulinho Nogueira que certamente agradará aos fãs do músico, reconhecido como o inventor da craviola, instrumenti de 12 cordas, mistura de cravo com viola. O disco, enviado pelo amigo Laércio, a quem agradeço, traz alguns sucessos da MPB, como “Garota de Ipanema”, “Desafinado”, “Mas que nada”, “Se acaso você chegasse” e outras. O exemplar em mãos é de 1968, e foi lançado pelo selo Premier, da RGE. Apesar de ser reconhecido, inclusive no exterior, como violonista, ele também foi compositor, e obteve muito sucesso em 1970 como intérprete da música “Menina”, de sua autoria, também gravada por outros artistas.

Paulo Arthur Mendes Pupo Nogueira, seu nome de bastismo, nasceu em Campinas (SP), em 8 de outubro de 1929, e faleceu em São Paulo em 2 de agosto de 2003. Começou a tocar violão aos 10 anos, ensinado por um dos irmãos, e aos 19 começou a trabalhar em São Paulo como desenhista, mas acabou em boates e casas noturnas, iniciando a carreira de músico. Quatro anos depois, virou o violonista da noite nas rádios Bandeirantes e Gazeta, de São Paulo, e foi um dos precursores da Bossa Nova. Gravou o primeiro disco “A voz do violão” (na foto acima) em 1959 e não parou mais. Em 1964, organiza e publica um método de ensino de violão que é um dos mais utilizados no Brasil, no qual introduz as cifras harmônicas como referência de aprendizagem. Manteve-se na ativa até a morte, vítima de enfarte, e seu último disco em vida foi o CD “Chico Buarque - Primeiras Composições”, de 2002, no qual homenageia o compositor Chico Buarque, deixando um grande acervo musical, como este LP. Confira:

01 – Morena Boca de Ouro 
(Ary Barroso)
02 – Corcovado 
(Antonio Carlos Jobim)
03 – Agora e Cinza 
(Bide - Armando Marcal)
04 – Garota de Ipanema 
(Antonio Carlos Jobim - Vinicius de Moraes)
05 – O Pato 
(Jaime Silva - Neusa Teixeira)
06 – Desafinado 
(Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonca)
07 – Se Acaso Você Chegasse 
(Lupicinio Rodrigues - Felisberto Martins)
08 – A Mesma Rosa Amarela 
(Capiba - Carlos Pena Filho)
09 – Rio 
(Roberto Menescal - Ronaldo Boscoli)
10 – Mas que Nada 
(Jorge Ben)
11 – Manhã de Carnaval 
(Luiz Bonfá - Antonio Maria)
12 – Menino das Laranjas 
(Theo)

COLABORAÇÃO: Laércio


3 comentários:


  1. http://www65.zippyshare.com/v/qQrDfY75/file.html

    ResponderExcluir
  2. Esse disco eu não conhecia. 1968, ano de muita coisa boa lançada no Brasil e no mundo. Baixando para conferir. Obrigado ao Chico e ao Laércio por mais essa raridade.

    ResponderExcluir
  3. Boa Tarde. Excelente postagem Chico. Ao que parece o blog resolveu liberar novamente minhas mensagens. Voltando a ativa com alegria. Um grande abraço CHico
    Enzo Lazzerini

    ResponderExcluir