Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

José Leão - Compactos raros (2017)

 José Leão começou a cantar no início dos anos 1960 no Clube do Guri
 Seleção traz músicas lançadas em cinco compactos simples e um duplo
Esta coletânea do José Leão, montada pelo amigo Aderaldo, a quem agradeço pela colaboração, reúne canções de seis compactos, sendo cinco simples e um duplo, lançados pela gravadora Continental. A seleção, com esses discos, somam 14 faixas, e inclui a avulsa “O passo do elefantinho”, de 1963, pra completar 15 canções. Outros três compactos duplos, já apresentados no blog, assim como o LP “Juventude romântica”, postado aqui, não fazem parte desta compilação. O cantor, que já tem sinopse de sua carreira divulgada no blog, começou a cantar ainda criança, no famigerado Clube do Guri, do Samuel Rosemberg, mas abandonou a carreira no início dos anos 1970. Confira:

01 - 1963 - O passo do elefantinho (Baby elephant walk
(Henry Mancini - Vs: Ruth Blanco)
02 - 1965 - Porque (Warum Nur Warum)
(Udo Jurgens – Vs: Romeo Nunes)
03 - 1965 - O mundo (Il Mondo)
(Fontana – Pes – Meccia – Vs: Romeo Nunes)
04 - 1965 - Se não houvesse você  (Se Non Avessi Più Te)
(Migliacci – Enriquez - Zambrini - Vs: Romeo Nunes) 
05 - 1965 - Ser saudade
(Fernando Cézar – Britinho)
06 - 1966 - Eu compro essa mulher
(João Roberto Kelly – J. Rui)
07 - 1966 - Vera
(João Roberto Kelly – J. Rui)
08 - 1967 - Adeus sem adeus
(Toso Gomes - Antonio Correia)
09 - 1967 - Longe de você
(Elizabeth Sanches)
10 - 1968 - Canção (Canzone)
(D. Backy  - Mariano Detto – Vs: Fred Jorge)
11 - 1968 - Tente lembrar (Try To Remember)
(Tom Jones – Harvey Schimidt – Vs: Nazareno De Brito)
12 - 1972 - Flor mamãe 
(Julio Louzada – Jorge Gonçalves)
13 - 1972 - Ser mãe 
Declamação: Julio Louzada
(Umberto Silva – Lewis Jr.)
14 - 1972 - Mamãe (Madre) 
(Johnny Queiroz – Collid Filho)
15 - 1972 - Mamãezinha está dormindo 
(André Filho)

COLABORAÇÃO: Aderaldo


8 comentários:


  1. http://www67.zippyshare.com/v/ZF9KSCys/file.html

    ResponderExcluir
  2. Amigo Chico: chego, com a devida humildade, para informar a data correta do compacto duplo ("Flor Mamãe"), selo Continental, gravado por José Leão em homenagem às MÃES e cujas faixas compõem as quatro últimas dessa postagem: 1962 (como ele recebeu reedições, sempre colocavam a data destas, daí a confusão). Mo mesmo período, J. L. gravou também outro compacto duplo, selo Continental, dedicado aos pais ("Salve o Papai"). Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Paulo Castelo sempre com comentários oportunos, também gosto muito de saber as datas certinhas dos discos, a viagem fica melhor. Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. - Esta é uma coletânea interessante, e muito oportuna, que certamente irá interessar aos admiradores do cantor, José Leão, falecido neste ano de 2017, em São Gonçalo (RJ), onde residia, com a sua esposa Regina Coeli, e era comerciante, e embora afastado da carreira artística, desde o início dos anos 70, nunca foi esquecido. Obrigado, pela postagem, prezado Chico! Alberto (Niterói-RJ)

    ResponderExcluir
  5. Prezado Chico...
    Em complemento, ao meu comentário anterior, eu gostaria de retificar a data de falecimento do cantor José Leão, que segundo familiar do mesmo, ocorreu há um ano, no dia 04 de Maio de 2016, na cidade de São Gonçalo (RJ), onde ele residia. Uma vez mais, agradeço a postagem da ótima coletânea de compactos raros, bem como, de todas as demais, que você generosamente nos brinda, neste seu excelente blog “Sintonia Musical”. Atenciosamente, Alberto (Niterói-RJ).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Alberto

      Muito obrigado pela informação. Vou inclui-la na postagem em que apresento a sinopse de sua carreira. É muita gentileza sua fornecer essas informações. Abraços

      Excluir
    2. - Chico, grato, pela sua atenção, fico feliz em modestamente, colaborar... Abraços!
      Alberto (Niterói-RJ)

      Excluir