Pesquisar este blog

sábado, 4 de maio de 2013

Rinaldo Calheiros - Uma lágrima tua (LP 1963)

Rinaldo Calheiros fez muito sucesso em dueto com Silvana em 1962
Disco traz encarte de divulgação dos lançamentos do selo Copacabana
Outro grande cantor, contemporâneo do Agnaldo Rayol, é o Rinaldo Calheiros. Este álbum, “Uma lágrima tua”, de 1963, foi gravado na época em que gozava de imensa popularidade, graças ao sucesso obtido no ano anterior com o tango “Amor”, de Antenógenes Silva, lançado num compacto duplo que tenho guardado até hoje, em dueto com a cantora Silvana. Foi um dos discos mais vendidos de 1962. O casal de cantores agradou tanto que acabou gravando um LP, e muitos achavam que eram namorados, quando na verdade não passavam de grandes amigos.  O sucesso para o Rinaldo não voltou a se repetir a partir desse álbum porque o mercado fonográfico passava por grandes transformações. As emissoras de rádio tocavam os  primeiros sucessos dos Beatles e dos artistas que fariam parte da Jovem Guarda. O máximo de “modernidade” presente neste LP, com repertório recheado de samba canção, bolero, fox  e tango,  é o rock balada “Manhã de sol”, de Helena Rodrigues. Mesmo assim, o saudoso jornalista Hélio Ansaldo (16/06/1924 — 06/12/1997), atesta na contracapa que se trata de “um excelente LP, muito bem cuidado, sob a orientação magnífica de Altamiro Carrilho”.

Rinaldo Calheiros é alagoano de Fernão Velho e nasceu em 3 de dezembro de 1926. Ele se formou na Escola Técnica da Aeronáutica, e foi servir na base aérea de Natal (RN), mas foi reformado após um acidente automobilístico. Estreou na Rádio Poti, de Natal, cidade onde consolidou sua carreira, sendo considerado o astro galã daquela emissora. Numa apresentação, em meados dos anos 1950, foi descoberto por Emilio Vitale, que lhe apresentou o primeiro contrato profissional. Gravou o primeiro disco em 1955, um 78 RPM do selo Mocambo com a música “Se eu fracassar”, e passou a conquistar fãs com os discos seguintes. Em 1957 ficou em segundo lugar na escolha para "Rei e Rainha do Rádio", com 177.900 votos. Em 1960 passou a residir em São Paulo, onde gravou discos pelos selos Continental, CBS, Columbia e Copacabana, como este “Uma lágrima tua”, que ainda mantém o encarte da gravadora (veja foto acima), no qual divulga seus principais lançamentos. Achei curioso incluí-lo na pasta com o áudio e demais ilustrações.  Vale dar uma conferida:

01 – Nuvem
(Luiz Bandeira – Manoel Malta de Araújo)
02 – Papai
(Joaquim Prieto – vs: Ayres Pastorino)
03 – Manhã de sol
(Helena Rodrigues)
04 – Margarida
(Francisco Di Pietro)
05 – Abre teus braços pra mim
(Carlos Moraes – Luiz de Carvalho)
06 – Tu ficarás
(Marília Batista – Olegario Mariano)
07 – Uma lágrima tua
(M.Moraes – H. Manzi 0 vs: Genival Melo)
08 – A quem direi
(Altamiro Carrilho – Nazareno de Brito)
09 – Joãozinho ninguém
(Collid Filho – Nair Carvalho)
10 – Fim de semana
(Erasmo Silva)
11 – Pergunte ao seu coração
(Deraldo Oliveira – Washington Marinho)
12 – Boneca da vida
(Ernani Campos – Nestor Barbosa)

FICHA TÉCNICA

Produção – Altamiro Carrilho
Foto – Studio Lafe
Capa e arte final – Sérgio Malta
Maestros arranjadores – Pachequinho, Guaraná e Moacyr Santos

14 comentários:

  1. http://www36.zippyshare.com/v/19316248/file.html

    ResponderExcluir
  2. Pô, cara. Este teu blog é prá lá de excelente (se existe além disso). Sou fã da velha guarda com Dalvas, Orlando Silva, Nelson. Sou fã também da ex-jovem guarda com os Beatles, Renato e seu Blue Caps e tremendôes, etc... Fico feliz quando encontro blogs como o seu postando estes discos "perdidos" pelo tempo.Vou baixando e gravando em cd . Muito obrigado, caso amigo, continue, continue ..., você deve fazer a alegria de milhares de internautas como eu, pesquisando raridades. Obrigado e muitas felicidades. Fernando Gregório - Belém, Pará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Mensagens como a sua me incentivam a manter o blog. Abs.

      Chico

      Excluir
  3. Beleza de disco, parabéns Chico, aqui sempre temos agradaveis surpresas, e vou enriquecendo meus arquivos, grato, por esse trabalho maravilhoso de resgate.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom saber que as postagens lhe agrada. Esteja sempre à vontade. Abs.

      Chico

      Excluir
    2. Chico, já tentei hoje baixar este disco várias vezes e o link está apresentado falha. Verifique por favor o que está havendo.

      Atenciosamente

      toinho.se@gmail.com

      Excluir
    3. Acabo de testar e o link está normal. Não sei o que pode estar acontecendo. O Zippyshare não é o servidor dos meus sonhos, mas é o único que até o momento não deletou nenhum dos meus posts. Abs.

      Excluir
  4. Parabéns pelas postagens em seu blog supimpa... sempre venho aqui 'pescar' compactos simples para meu blog de compactos. RINALDO CALHEIROS não morreu. Pelo que eu sei, ele está com Alzeihmer e a família o mantém longe da 'media'. A informação é de quem é de Alagoas, portanto eu acreditei. O irônico é que até Silvana, sua antiga companheira da Copacabana não sabia do paradeiro do Rinaldo.

    ResponderExcluir
  5. sou muito amigo do rinaldo, tivemos programa na tv gazeta em sao Paulo, participei do corpo de jurado do programa rinaldo calheiros com amor., gostaria muito de obter noticias dele., caso ele nao mais vive, pergunto onde esta a midia? as tv. as emissoras de radio, que nada divulgaram sobre este grande cantor de tantos sucessos nos anos 60 e 70, vamos levanter essa bandeira.

    ResponderExcluir
  6. Novo link:

    http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0272+-+RCALHEIROS,212801525.rar(archive)

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo! gostaria que vc postasse uma música que diz: ''credo em cruz ave-maria é feitiço é mandinga é bruxaria, credo em cruz ave-maria'' parece que quem canta é a Maria Alcina e Tony Tornado. muito obrigado..

    ResponderExcluir
  8. Chico,
    Bom dia!
    Tem como repostar esta jóia no zipyshare?
    O minha teca é muito complicado para baixar.

    Agradeço-lhe, antecipadamente.

    Célio Felício

    ResponderExcluir
  9. Meu caro Chico, seria possível reativar o link dessa postagem? Ficarei muito agradecido.
    Sebastião de Araujo - Imail: sebastiaodearaujo@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Patricia Rodrigues4 de setembro de 2017 11:17

    Conheço a família de Rinaldo Calheiros. Infelizmente, ele faleceu em 5 de maio de 2014. O filho dele, Pedro Calheiros, também é cantor.

    ResponderExcluir