Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Portinho - Maestro iê-iê-iê & os sucessos da juventude

Álbum lançado em 1967 pela Continental traz texto redigido por Ronnie Von na contracapa
Atire a primeira pedra quem, atento às fichas técnicas de discos produzidos principalmente nos anos 1960 e 1970, nunca viu impresso o nome do maestro Portinho como o responsável pelos arranjos. Além de figurar como um dos músicos mais requisitados em discos que vão de Teixeirinha a Caetano Veloso, o maestro também gravou vários discos. Uma reportagem na rede sobre o artista informa que foram 35 LPs orquestrais e 5 como solista, mas esses dados requerem melhor apuração. O fato é que Antonio Porto Filho, seu nome de batismo, também investiu na Jovem Guarda com este “Maestro iê-iê-iê”, lançado em 1967 pela Continental. O destaque está na contracapa: um texto do Ronnie Von, redigido do próprio punho na madrugada de 6 de julho de 1967, destaca as qualidades do músico e informa que “A praça”, grande sucesso do “Pequeno príncipe” na época, teve os arranjos assinados pelo maestro.

“Portinho veio confirmar um pensamento nosso sobre a inexistência da idade cronológica. Sua jovialidade suplantou a nossa, e, vindo de outra geração, enquadrou-se perfeitamente na era da harmonia musical eletrônica, aderindo à nossa causa e, conosco, levanta agora, ainda mais alto, a bandeira da música jovem”, escreve Ronnie. De fato, o repertório é formado por sucessos da juventude, e o álbum foi produzido com o talento impar do maestro, nascido na cidade gaúcha de Rio Grande em 27 de setembro de 1925 numa família de músicos (pai trombonista, avô sanfoneiro e tio violonista, por exemplo). Portinho – clarinetista, saxofonista, maestro, arranjador e compositor - mudou-se ainda jovem para Porto Alegre, onde conheceu o conceituado violonista paulista Antonio Rago. A convite deste se radicou em São Paulo.

Segundo consta, Portinho tocou em vários regionais, orquestras e chegou a reger, como convidado, a Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo. Participou nos anos 40 do regional de Claudionor Cruz, nos 50 do regional do Rago, e foi uma figura da história do rádio do Rio de Janeiro e de São Paulo.  Portinho assina arranjos de alguns  discos  de renomados artistas, como Ângela Maria, Paulo Vanzolini, Nelson Gonçalves, Noite Ilustrada,  Waldick Soriano e Cláudia Barroso (descoberta por Portinho), entre tantos outros, incluindo ídolos da Jovem Guarda, como Ed Carlos, Demétrius, Martinha,  Wilson Miranda e outros.  

O maestro foi tão respeitado no meio artístico que o cantor Teixeirinha  o homenageou na gravação da música “O Centro Oeste Brasileiro”.  O violonista de 7 cordas Ed Gagliardi disse que o mestre Portinho foi como as músicas que compôs: calmo, tranquilo e alegre.  Seus últimos anos de atividade foram no ensino de música na Universidade Livre de Música - ULM, em São Paulo.   O maestro faleceu no Estado de São Paulo – em data que desconheço e agradeceria se alguém puder informar nos comentários - deixando um importante legado para a cultura musical brasileira, como este delicioso álbum, apesar de recheado por muitos hits internacionais. Ouça:

01 - Tributo a Martin Luther King
..... (Wilson Simonal – Ronaldo Bôscoli)
02 - There's a kind of hush
..... (Geoff Stephens – Reed)
03 - A little bit me, a little bit you
..... (Neil Diamond)
04 - Too good to be true
..... (Joe Stampley – R.C.Stampley)
05 - Estou começando a chorar
..... (Roberto Carlos)
06 - Something stupid
..... (Carson Parks)
07 - O canguru
..... (Dori Edson – Marcos Roberto)
08 - Georgy girl
..... (Springfield – Dale)
09 - Music to watch girls by
..... (Sid Ramin)
10 - Groovin'
..... (Cavalieri – Brigatti)
11 - I'm a believer
..... (Neil Diamond)
12 - No milk today
..... (Gouldman)

FICHA TÉCNICA

Produtor fonográfico – Gravações Elétricas S/A
Diretor de produção – Alfredo Borba
Repertório e montagem – Milton Christofani
Coordenação e contracapa – Waldyr Santos
Técnico de som – Rogério Gauss
Equalização – Carlos Eduardo
Corte de matriz – Joaquim Gonçalves
Layout e arte final – Polé
Fotos – Oswaldo Micheloni
Engenheiro industrial – Sérgio Barello

2 comentários:

  1. http://www40.zippyshare.com/v/19647396/file.html

    ResponderExcluir
  2. Novo link:

    http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0160+-+PORT,6715049.rar

    ResponderExcluir